arquivos

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

subscrever feeds

Aviso:qualquer semelhança entre pessoas e/ou relalidades olhanenses pode ser coincidência ou não...

Quarta-feira, 24 de Dezembro de 2008

Zé CARLOS E AS FESTAS EM OLHÃO

 

Ora viva pessoal
Então vocês pensavam que eu estava escondido por causa de algum processo?
Ou que tinha emigrado para a Ilha da Culatra, ou do Farol, para uma daquelas casas dos ricos que não vão abaixo de certeza?
Ou que tinha pedido asilo politico na Junta de Freguesia de Quelfes?
Nã, nã! Nada disso.
Cá estou eu, volta e meia de volta, às voltas comigo mesmo e aliás com o que se vai passando na nossa terra, desta vez para abordar a questão que aliás, está em título e que me foi colocada.
Antes disso, devo aliás confessar, que me sinto magnânimo (esta é boa…)!
Será por causa do chamado espírito do Natal?
Pois se assim é, eu pessoalmente, estou a transbordar dele!
Talvez seja da quadra natalícia, ou por os nossos conterrâneos estarem a pensar como poderão ter um Natal mais ou menos, ou por outro motivo qualquer…
Pois não sei se será por causa disso tudo ou do tal espírito de natal, mas parece-me que se vive uma certa “paz” no nosso Concelho.
Calculem que no outro dia encontrei o Sr. Presidente e pareceu-me ver uma espécie de halo luminoso, que lhe envolvia a cabeça. Depois cumprimentei um Sr. vereador que passava e até o Dr. Ramirez, e pareceu-me ver o mesmo halo emoldurando as suas, deles, luminosas cabeças.
Então, fiquei sem dúvidas. Pareciam uns anjinhos daqueles que a gente vê nos altares. Cumprimentavam à esquerda, acenavam à direita, os munícipes sorriam, faziam perguntas sobre como está o processo da Zona Histórica e sobre as construções que os malucos dos blogues dizem que são irregulares e porque é que a Recreativa não tinha cedido a sala aos que dizem que “somos Olhão”, e porque é que são as casas dos ilhotes que o Polis quer mandar abaixo e os Autarcas paravam e explicavam tudo, tintim por tintim, como foi, como não foi, como será e como não será, e por aí fora. Tudo, mas tudo, mais bem explicadinho que explicado.
Aliás até me pareceu que um dos senhores vereadores estava assim meio transparente. Via-se que ele falava com o coração nas mãos…
Era uma coisa bonita de se ver! Vieram-me as lágrimas aos olhos e duma forma espontaneamente espontânea perante tanta transparência, tanta franqueza, tanta prontidão na informação e tal  exemplarissimamente comportamento democrático, comecei a aplaudir, comovidamente.
Nisto, senti que estavam a abanar-me e era a minha mulher a acordar-me e a perguntar-me porque é que eu estava a bater palmas?
Ía caindo da cama abaixo e entornando o penico…Afinal, eu estava a sonhar... eu, também armado em anjinho, nem em sonhos desconfiei de tanta democracia…
Um incauto é o que eu sou… um crente… um… um… um anjinho… um totó… fazem-me as “papas na cabeça”… enganam-me de toda a maneira e feitio e eu nunca mais aprendo…  e se calhar ainda vou votar neles outra vez…
Bom, mas o que eu queria dar opinião é que ouvi dizer (e juro que não estava a sonhar…) e quem disse é uma fonte das boas, das que não seca, que no final do ano a Comissão Municipal de Olhão vai queimar 1000 metros e 15 minutos de fogo-de-artifício.
Não acreditei, e perguntei:
“ Ma isso nã é muito metro? E nã é muito minuto? E isso nã queima muito dinheiro? Atão e a crise?”
E responde a minha cristalina fonte: “ Pois é mesmo por causa da crise! Então tu nã vês que é para distrair o pessoal”? “Nã vês que o pagode (a fonte é que disse isto…) de Olhão gosta disso? Atão, assim a Cambra vai d’encontro ao pessoal e se for preciso, logo pede um empréstimo e a gente vai pagando a prestações.
Bem, já me estou a esticar.
Mano João, não me esqueci de ti, eu logo t'arresponde.
Mas agora para o mano Hilaire, vai uma das bocas do Zé Carlos:~
Segundo informação ao mais altessissimo nível, o ano de 2009 vai dar m… porcaria. Vai, Vai. E de certezinha quase absoluta embora o nosso primeiro diga que vai tudo melhorar
E tjá agora aqui vão também as Boas Festas, e Votos de força e ânimo (que bem preciso é), para correr com os “franceses” de agora.
Olha o abração do
Zé Carlos
sem qualquer censura Zé Carlos às 15:34

link do post | para escreveres o que tens a acrescentar