arquivos

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

subscrever feeds

Aviso:qualquer semelhança entre pessoas e/ou relalidades olhanenses pode ser coincidência ou não...

Sábado, 2 de Maio de 2009

ZÈ CARLOS, O SR. ENGENHEIRO DE OLHÂO; DISSE "CORJA"?

Então, Mano João, o que é feito de ti?

Nunca mais disseste nada…
‘Tá bem, desculpa lá, eu é que estou em falta contigo.
Mas cá ao Zé Carlos trabalho não falta, e os motivos de transpiração numa terra como Olhão, também nunca faltam, de modo que vou escrevendo e vai ficando de lado.
Mas agora ouvi uns “zum-zuns” de que o sr. Engenheiro, tinha botado faladura num discurso do 25 de Abril e que se fartou de "malhar" nos com…comenis… (xiça que até custa a sair…), nos comunistas (apre…), que isto em Olhão está tudo mal por causa deles. Até me disseram que ele falou em “corja” e ficou tudo indignado porque segundo alguns isto é um insulto.
Nada disso. Eu sei que aliás, o senhor engenheiro se dá com pessoas, que ele sabe que são uma autêntica “corja”. Por isso ele está habituado e portanto obviamente não acha nada, que seja insultuoso.
Para ele, tratar as pessoas assim, é normal. Por isso, não há que admirar.
Mas cá para mim, acho que ele tem razão. Então se os “peésses” estão de acordo, se os “peéssedês”, também estão de acordo, o que é que esses “cdus” têm que estar contra?
Que diabo, sempre contra, sempre a criticar, que a Ria está mal, que a pesca está mal, que há muito desemprego, que os jovens se vêem “à brocha”, que há muita gente a passar mal e ainda têm a lata de dizer como se deve fazer…
Xiça! Então o sr. Engenheiro não sabe isso tudo e não sabe como se faz? Sabe sim senhor!
E o sr engenheiro, não fez uma biblioteca? E um auditório? E não faz muitas festas? Disto não falam eles… lá por não dar mais empregos, ou não dar comer ao povo, dá muita agricultura e as pessoas podem mostrar as roupas novas… Disto não falam eles, não…
E a Educação? O que o homem está a fazer… no outro dia até inaugurou as retretes da escola dos brencanes.
Disseram-me que o sr. Engenheiro, combinou com o outro sr engenheiro (o Sócras, aquele), que vai tudo p’rá escola.
Até tu mano João. Já sabes, deixas de estar sentado na avenida e vais p’rá escola, qu’é p’ra seres um homenzinho.
Cá p’ra mim, o sr engenheiro, faz tudo bem e mesmo quando mete água “com’ó caraças”, mete água a pensar que é uma água boa para Olhão.
Portanto temos que compreender o homem, que aliás, segundo me disseram também é um dos que sofre com a crise, pois todos os dias tem que deixar a sua terra, e deslocar-se no nosso volvo, para vir ganhar o seu sustento em Olhão.
E por hoje cá fica o abração do
Zé Carlos
sem qualquer censura Zé Carlos às 21:53

link do post | para escreveres o que tens a acrescentar
1 comentário:
De Mano João a 4 de Maio de 2009 às 01:23
Móce Zé Carlos

Com que então eu é que estou em falta?!!
Até pareces o engenheiro a falar tudo ao contrário!
Mas não tem mal! Escreve sempre quando quiseres que eu cá estarei sempre a espreitar o blog para te responder!
Começo aí pelo meio, naquela de eu ir também parar à escola. Como vês já não falo a uso de Olhão até porque um grande amigo do senhor leal diz que o falar a uso de Olhão é prova de rudeza de língua e má criação! Assim, tenho andado a ler os livros outravez e a consultar o "cagalhães" que o moço cá de casa trouxe da escola e afinei a oralidade (vê lá tu o que eu já aprendi!).
Também ouvi esses zumzuns que o engenheiro alterou o discurso do 25 de abril e foi um arrasoado à rapaziada da cdu, até com invectivas (esta vinha no capítulo da história dedicado ao santo guerreiro) pessoais ao primeiro da lista! O homem anda mesmo transtornado com tanta campanha de bem fazer da câmara. Já não se pode praticar o bem! Com jeitinho, daqui a uns anitos ainda ele é beatificado, com direito a um busto à porta do shopingue!
Mas que ingratos! O homem até quer ser reeleito para acabar de fazer o bem que ainda não fez.
Não te esqueças que ainda falta tapar a rua das lojas por cima, pintar a frontaria das centenas de casas degradadas que decoram a nossa cidade, arranjar sítio para a feira de s.miguel...e mais coisas que tem em mente! Já viste o sofrimento?
Tal como tu, eu também compreendo o homem!

Olha as saudades já eram tantas que te deixo um abraço!

Haja saúde
Mano João

Comentar post